Vagas destravam, mas com substituições e ajustes


zero

Nota veiculada na edição desta terça-feira, 8, da Zero Hora sobre estudo produzido pela Produtive a respeito da movimentação de posições no primeiro bimestre no mercado gaúcho. A nota conta com a análise de Rafael Souto:

Especialista em contratação de altos executivos aponta volta de contratações, mas com menores salários e focadas em produtividade

Por Marta Sfredo

Profissionais da área administrativa-financeira foram os mais requisitados neste início de 2016. Estudo da Produtive Carreira e Conexões com o Mercado constatou que de 350 posições no mercado gaúcho em janeiro e fevereiro, 30% foram destinadas à gestão, mais especificamente do caixa (veja as demais no gráfico). Rafael Souto, CEO da Produtive, diz que menos de 5% significa abertura de postos:

– A maioria é substituição. A boa notícia é que há destravamento das decisões. Antes, estava tudo parado e, se havia decisão, era de corte. Agora, o momento é de adequar perfis à nova realidade econômica. Souto detalha que executivos desligados de grandes companhias têm sido contratados por empresas de porte médio, com readequação salarial.

A procura por profissionais da área financeira está ligada à necessidade de controlar custos, reação evidente à crise. O passo seguinte é focar em produtividade, daí a ênfase a profissionais da área industrial. O especialista avalia que, no passado, os salários haviam subido demais no Brasil e, agora, passam por ajuste:

– Uma deflação de salários é necessária para a competitividade.

ZH2

permalink | enviar por email
Atendimento via WhatsApp
Solicite mais informações

    Seu nome (obrigatório)

    Seu e-mail (obrigatório)

    Seu telefone (obrigatório)

    Unidade Produtive de preferência (obrigatório)

    Assunto (obrigatório)

    Empresa (obrigatório)

    Possui curso superior?

    Cargo / Posição

    Área de atuação

    Objetivo

    Último cargo ocupado

    Linkedin

    Anexar Currículo

    Sua mensagem (obrigatório)

    close
    Contact us